domingo, 9 de fevereiro de 2014

The boy with the thorn in his side

Como não pensar que há uma correspondência entre a tempestade e a necessidade de eloquência? Ou de mera expressão? O vento fala por mim.

Sem comentários: