quinta-feira, 5 de março de 2015

Um rodado músico caribenho foi para os Estados Unidos para ser famoso e acabou triste a trabalhar de segurança para sobreviver. Eu abdico já de toda a fama se puder ir sobreviver a tocar maracas anónimas no Caribe.

1 comentário:

Luis Eme disse...

(a fama tem destas coisas...)