sábado, 17 de agosto de 2013

Não haverá borlas

Agora que o livrito está a sair da tipografia, impõe-se o aviso: atendendo ao meu compromisso com a editora (o de enriquecermos ambos rapidamente), não haverá borlas na distribuição de Os Idiotas. Sendo em parte catalogável como um divertimento, o livro é para ser levado tão a sério quanto os divertimentos de Mozart (embora o leitor possa tossir e, sobretudo, bater palmas a meio dos capítulos). Ninguém precisa de smoking para assistir a Os Idiotas — mas precisa de comprar bilhete. Vá, vão lá juntando os trocos até somar 12 euritos e fazendo a pré-encomenda (osidiotaslivro@gmail.com*). Depois do lançamento oficial, em Setembro, a coisa sobe para 15 euros.

P.S. As abordagens directas na rua, por mais lancinantes que sejam, serão igualmente portajadas a 12 euros.

* Mais instruções em www.osidiotas.pt.

Sem comentários: