quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Das virtudes da austeridade, digamos assim

A Ler faz 25 anos e eu deixei de a comprar com regularidade. Não porque me tenha zangado com ela ou a ache supérflua. Também comecei por vezes a mudar de corredor para não passar em frente à Bertrand local. Estou a portar-me bem e a viver de acordo com as minhas posses.

1 comentário:

Margarida disse...

.. agora saiu uma nova magazine para, digamos, cavalheiros.
Exitem prioridades...
;)